Matérias em Destaque

ANAC MUDA AS REGRAS DO PORTE DE ARMA EM VOOS NO BRASIL PLD em Foco Coronel Paes de Lira comenta PLS 352:2017 apresenta sérios perigos ANAC torna aviões civis “gun free zones”: o crime agradece https://youtu.be/9g9PZsnills

Leia mais...

Juízes federais enodoados como facínoras Juízes federais enodoados como facínoras   Péricles Capanema   O PT lançou a campanha “Cadê a prova?”. Que prove do próprio veneno, faço a mesma pergunta tendo como objeto...

Leia mais...

Por que se celebra a noite de Natal com a “Missa... “Missa do Galo” é o nome da celebração litúrgica da meia-noite, na véspera do Natal. A expressão vem da tradição segundo a qual à meia-noite do dia 24 de dezembro um galo cantou mais fortemente...

Leia mais...

Derrubada a liminar contra portaria 28 do COLOG Pela Legitima Defesa em Foco Cel. Paes de Lira comenta Publicada em 22 de dezembro de 2017 Derrubada liminar contra Portaria 28 COLOG. Informativo da Câmara trata da questão das armas https://www.youtube.com/watch?v=K1CBV39vDe4&feature=em-uploademail

Leia mais...

Senado: Comissão de Constituição e Justiça propõe... PLD em Foco Coronel Paes de Lira comenta Pela Legítima Defesa - Publicado em 15 de dezembro de 2017 Uma boa notícia: a CCJ propõe a revogação do Estatuto do Desarmamento, mas outros Projetos...

Leia mais...

  • Anterior
  • Proximo

China: em sagração novo bispo renuncia ao regime e “desaparece”

Publicado em: 04-08-2012 | Por: bidueira | Em: Perseguição religiosa

0

D. Thaddeus Ma Daqin “desapareceu” logo após sagração

A sagração do novo bispo auxiliar de Xangai, combinada entre o governo comunista chinês e a Santa Sé, teve um desfecho inesperado., noticiou “La Vie”.

Na hora da sagração o agora novo bispo Dom Thaddeus Ma Daqin, recusou a imposição das mãos de Dom Zhan Silu, bispo “oficial” de Mindong não reconhecido por Roma e afiliado à ditadura anticristã. Também se recusou a receber a comunhão desse bispo ilegal.

Em sua homilia, Dom Thaddeus, que era membro do Comitê Nacional da Associação Patriótica, disse: “Eu acredito que não convém continuar servindo a Associação Patriótica”.

O povo aplaudiu vivamente a declaração e verteu torrentes de lágrimas diante de uma coragem que há muito os líderes da Igreja não exibem.

D. Ma Jaqin não podia ignorar o preço de sua atitude: ele “desapareceu” após a cerimônia.

http://www.ipco.org.br/home/noticias/china-em-sagracao-novo-bispo-renuncia-ao-regime-e-%E2%80%9Cdesaparece%E2%80%9D

O regime alega que “foi repousar porque sofria de esgotamento físico e moral” no seminário da cidade. Mas, o sofisma faz pensar em alguma forma de intimidação psicológica ou até prisão.

Em Hong Kong, as autoridades eclesiásticas julgam que ele está prisioneiro de fato

Deixe um Comentário!