Matérias em Destaque

Futuro secretário nacional de segurança, Gen Theophilo:... PLD em Foco Coronel Paes de Lira comenta Futuro secretário nacional de segurança, Gen Theophilo: contra o porte de armas por pessoas comuns https://www.youtube.com/watch?v=94QwCOiXjZ0&feature=em-uploademail

Leia mais...

EM DESMANCHE Artigo do jornalista J.R. Guzzo, publicado na revista  VEJA, com o título EM DESMANCHE Circulou no noticiário um pensamento muito interessante que o novo presidente, Jair Bolsonaro, expressou durante...

Leia mais...

Autor do PDS(SF) 175/2017, retira projeto e acerta. PLD em Foco Coronel Paes de Lira comenta Autor do PDS(SF) 175/2017, retira projeto e acerta. Diretor-Geral da PF impõe ato normativo e erra https://www.youtube.com/watch?v=4qVAX0Cgg4k&feature=em-uploademail

Leia mais...

TEMPESTADE À VISTA Tempestade à vistaPéricles CapanemaEm 1º de novembro o China Daily, jornal estatal, em página editorial sobre as eleições no Brasil advertiu: “Não há dúvida que os interesses nacionais têm...

Leia mais...

Vitória política trouxe mudança favorável. Às... PLD em Foco Coronel Paes de Lira comenta Vitória política trouxe mudança favorável. Às urnas, em segundo turno, pelo Direito e pelo Brasil. https://www.youtube.com/watch?v=hBit8WqQ1II&feature=push-u-sub&attr_tag=lqywduD41bzzqGcY%3A6

Leia mais...

  • Anterior
  • Proximo

China: em sagração novo bispo renuncia ao regime e “desaparece”

Publicado em: 04-08-2012 | Por: bidueira | Em: Perseguição religiosa

0

D. Thaddeus Ma Daqin “desapareceu” logo após sagração

A sagração do novo bispo auxiliar de Xangai, combinada entre o governo comunista chinês e a Santa Sé, teve um desfecho inesperado., noticiou “La Vie”.

Na hora da sagração o agora novo bispo Dom Thaddeus Ma Daqin, recusou a imposição das mãos de Dom Zhan Silu, bispo “oficial” de Mindong não reconhecido por Roma e afiliado à ditadura anticristã. Também se recusou a receber a comunhão desse bispo ilegal.

Em sua homilia, Dom Thaddeus, que era membro do Comitê Nacional da Associação Patriótica, disse: “Eu acredito que não convém continuar servindo a Associação Patriótica”.

O povo aplaudiu vivamente a declaração e verteu torrentes de lágrimas diante de uma coragem que há muito os líderes da Igreja não exibem.

D. Ma Jaqin não podia ignorar o preço de sua atitude: ele “desapareceu” após a cerimônia.

http://www.ipco.org.br/home/noticias/china-em-sagracao-novo-bispo-renuncia-ao-regime-e-%E2%80%9Cdesaparece%E2%80%9D

O regime alega que “foi repousar porque sofria de esgotamento físico e moral” no seminário da cidade. Mas, o sofisma faz pensar em alguma forma de intimidação psicológica ou até prisão.

Em Hong Kong, as autoridades eclesiásticas julgam que ele está prisioneiro de fato

Deixe um Comentário!