Matérias em Destaque

Nunes Marques interrompe, mediante pedido de vista,... PLD em Foco Cel. Paes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=olvwMBxeUU8 Nunes Marques interrompe, mediante pedido de vista, as principais ações antiarmas em curso no STF

Leia mais...

Mais um projeto de lei equivocado para modificar o... Pela Legitima Defesa Cel. Paes de lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=tSzpv6N5ui8

Leia mais...

Idoso defende o lar e repele roubo. Enquanto isso,... PLD em foco Cel. Pes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=OP81V6lfdCQ

Leia mais...

Entram em vigor (ou não!?) novos decretos regulamentadores... Pela Legitima Defesa em Foco Cel. Paes de Lira comenta https://www.pelalegitimadefesa.org.br/npld/

Leia mais...

Voto de semideus não surpreende, embora nos indigne:... PLD em Foco Cel. Paes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=hQLuF6YRL4I Voto de semideus não surpreende, embora nos indigne: é o mecanismo de anulação do Executivo em ação

Leia mais...

  • Anterior
  • Proximo

O imenso “Brasil desconhecido” que o ambientalismo comunistoide quer malograr

Publicado em: 24-04-2013 | Por: bidueira | Em: Aquecimento Global, C??digo Florestal, Psicoses ambientalistas

0

Edson Carlos de Oliveira
O Instituto Plinio Corr??a de Oliveira realizou na noite do dia 18 de abril ??ltimo, diante do audit??rio lotado do Club Homs, em S??o Paulo, importante confer??ncia do Professor Evaristo Eduardo de Miranda sobre o Brasil que os brasileiros n??o conhecem.

O Dr. Adolpho Lindenberg, presidente do Instituto, abriu o evento relatando o combate de 50 anos empreendido por Plinio Corr??a de Oliveira e seus disc??pulos contra a Reforma Agr??ria socialista e confiscat??ria no Brasil, panaceia cujos princ??pios remontam ?? Revolu????o bolchevista de 1917 na URSS. Leia mais…

http://ecologia-clima-aquecimento.blogspot.com.br/2013/04/o-imenso-brasil-desconhecido-que-o.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+VerdeACorNovaDoComunismo+(Verde:+a+cor+nova+do+comunismo)

Os comentários estão fechados.