Matérias em Destaque

Mais um projeto de lei equivocado para modificar o... Pela Legitima Defesa Cel. Paes de lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=tSzpv6N5ui8

Leia mais...

Idoso defende o lar e repele roubo. Enquanto isso,... PLD em foco Cel. Pes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=OP81V6lfdCQ

Leia mais...

Entram em vigor (ou não!?) novos decretos regulamentadores... Pela Legitima Defesa em Foco Cel. Paes de Lira comenta https://www.pelalegitimadefesa.org.br/npld/

Leia mais...

Voto de semideus não surpreende, embora nos indigne:... PLD em Foco Cel. Paes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=hQLuF6YRL4I Voto de semideus não surpreende, embora nos indigne: é o mecanismo de anulação do Executivo em ação

Leia mais...

PÚSTULAS DILETAS  "...Salvador Allende implantou enérgico programa de comunistização do Chile sem recorrer a legislação nova. Com base em legislação de governos burgueses, “los resquicios legales”, pôde impor...

Leia mais...

  • Anterior
  • Proximo

PAZ E GUERRA NA PAULISTA

Publicado em: 19-03-2016 | Por: bidueira | Em: CHAVES, PT, REVOLU????O DE 64, SITUA????O NACIONAL

0

S??O PAULO, 19 DE MAR??O DE 2016

??/ OPINI??O

Paz e guerra na Paulista

Em seu discurso, Lula se colocou no papel de um emiss??rio da paz para, na verdade, fazer mais uma amea??a ?? sociedade brasileira. O significado foi claro: n??o me toquem, ou sofrer??o as consequ??ncias

???A Gr??-Bretanha e a Fran??a tiveram que escolher entre guerra e desonra. Escolheram a desonra. Ter??o a guerra.??? Com essas palavras Winston Churchill se dirigiu ao Primeiro-Ministro Neville Chamberlain, ap??s este assinar os Acordos de Munique com Hitler, em 29 de setembro de 1938.

Pouco tempo bastaria para se verificar qu??o ing??nuo foi o discurso de Chamberlain no seu retorno ?? Inglaterra saudando a ???Paz para o nosso Tempo??? e o qu??o prof??ticas foram as palavras com que Churchill o acolheu na C??mara dos Comuns. Menos de um ano depois, o mundo mergulhava na maior guerra da Hist??ria.

N??o obstante os brasileiros n??o estarem em guerra, ainda que a ret??rica dos petistas em palanques e grava????es telef??nicas indique o contr??rio, as palavras de Churchill cabem como uma luva na situa????o de impasse que o Brasil vive hoje.

Lula, no discurso que fez ontem ?? noite??(18/03)??na Avenida Paulista se colocou no papel de um emiss??rio da paz para, na verdade, fazer mais uma amea??a ?? sociedade brasileira. O significado foi claro: n??o me toquem, ou sofrer??o as consequ??ncias.

Causam perplexidade a aud??cia e a arrog??ncia de Lula. Quem o investiu do papel de pacificador de um conflito que ele, mais do que ningu??m, vem a??ulando no Pa??s, em todas as horas poss??veis?

Como algu??m que em palanques e grava????es vindas a p??blico promove sistematicamente a viol??ncia tem a desfa??atez de pedir que n??o se d?? a ele o tratamento de inimigo que dispensa aos que o contrariam?

Ontem ?? noite, Lula mostrou que n??o tem limites, confiando cegamente na sua capacidade de manipular indiv??duos e plateias para impor sua vontade a tudo e a todos.

Lula n??o tem um mandato eletivo. Lula n??o teve reconhecidas sua nomea????o e posse como Ministro da Casa Civil. Lula n??o foi convocado pela sociedade brasileira para ocupar um cargo com a finalidade confessa de livra-lo da Justi??a.

Ainda assim, sem mandato, sem autoridade e sem respaldo, ele vem a p??blico reiterar o desafio ?? ordem constitu??da. N??o h?? paralelo com nada ocorrido no Pa??s.

As conversas gravadas de Lula, taxando de covardes a superior e a suprema corte do Pa??s, como de resto o tratamento vil e grosseiro que dispensa a pessoas e autoridades, demonstram o seu menosprezo pelo que possa se colocar em seu caminho.

Isso talvez explique como ele tenha ido t??o longe. Mas Lula ?? muito mais do que um megal??mano. Ele se move por uma vontade insaci??vel de poder, n??o medindo meios e fins para satisfaz??-la.

Depois do que se passou ontem ?? noite na Avenida Paulista, o importante n??o ?? mais saber se Lula vai se submeter ou n??o ?? Lei.
O que agora est?? em jogo ?? se a Justi??a honrar?? o seu dever de conter Lula antes que ele deflagre a guerra que prometeu.

****

As opini??es expressas em artigos s??o de exclusiva responsabilidade dos autores e n??o coincidem, necessariamente, com as do Di??rio do Com??rcio

Dilma d?? vergastadas na face do povo brasileiro

Publicado em: 19-03-2016 | Por: bidueira | Em: CHAVES, Desarmamento, DIREITO DE PROPRIEDADE, PLD em Foco, PT, REVOLU????O DE 64, Seguran??a P??blica, SITUA????O NACIONAL

0

PLD em Foco

Coronel Paes de Lira comenta

Publicado em 17 de mar de 2016

Depois da maior manifesta????o popular havida na hist??ria do Brasil, no dia 13 de mar??o, a Presidente Dilma, desprezando o povo e numa tentativa de blindar Lula, nomeia-o Ministro chefe da Casa Civil.

A jararaca est?? viva

Publicado em: 07-03-2016 | Por: bidueira | Em: PT, REVOLU????O DE 64, SITUA????O NACIONAL, Terrorismo

0

Ag??ncia Boa Imprensa – ABIM

A jararaca est?? viva

Pericles Capanema

Vou p??r em relevo pontos complementares ao que li ontem e hoje, domingo, 6 de mar??o. Depois da condu????o coercitiva para depoimento, o ex-presidente Lula falou ?? milit??ncia e terminou o discurso com amea??a: ???Se quiseram matar a jararaca, n??o bateram na cabe??a, bateram no rabo. A jararaca est?? viva???. A jararaca era ele, a jararaca era o PT, a jararaca era a causa defendida pelo PT, era o governo Dilma; enfim, era tudo o que simbolizava, como express??o m??xima, o cidad??o Luiz In??cio Lula da Silva.

A imagem empregada me transportou instantaneamente ?? inf??ncia. Nasci em cidade do interior mineiro, na ??poca pequena, em menino matei muita cobra nas idas ?? ro??a. Tinha aprendido bem o m??todo. Logo que via a cobra, procurava no mato um galho rijo, de prefer??ncia ainda meio verde, se poss??vel mais de metro e meio. Desfolhava. Abaixava-me para horizontalizar o galho e batia forte no meio da cobra, nunca na cabe??a. Uma pancada s??, caso resolvido. Com a espinha quebrada, o animal n??o se movia. Depois, vinha o esmagamento da cabe??a. O primeiro golpe na cabe??a ?? coisa de ignorante. Meus amigos, os sabidos homens do campo, gente do ramo ??? lembro-me, quantas saudades!, do Z?? Reginaldo, preto velho, conhecia tudo ???, avisavam o menino atento: ??? Nunca na cabe??a o primeiro golpe; ?? dif??cil acertar e irrita a cobra. Voc?? pode ser picado no bote de defesa. A primeira porretada, sempre no meio da cobra.

Pensei logo, Lula n??o sabe matar cobra? Inventou na hora a met??fora s?? para impressionar, sem se preocupar se estava certa ou n??o? Sei l??. At?? para matar cobra n??o faz sentido a receita do PT.

Mas eu queria falar era de outra coisa. Os grandes l??deres, em geral, quando comparam suas a????es a animais, buscam simbologias que evocam nobreza, coragem, beleza. Napole??o, retornando da ilha de Elba, em linda imagem proclamava que a ??guia imperial voaria de campan??rio em campan??rio at?? conquistar Paris. Na religi??o, o mesmo. Os quatro evangelistas s??o representados pelo homem, touro, le??o e ??guia. Nosso Senhor, o Le??o de Jud??, comparou-se ao cordeiro, ?? galinha, mandou imitar a pomba e a serpente ??? a?? destacou s?? um aspecto, a prud??ncia, retirando da compara????o os demais atributos (Eu vos mando como ovelhas no meio de lobos; sede pois prudentes como as serpentes e simples como as pombas). O escritor sagrado, quando buscou o animal que mais retrataria a a????o demon??aca na tenta????o aos primeiros pais, escolheu a serpente. Uma jararaca. Curioso, o PT quer intimidar com a cobra. O le??o tamb??m ?? bicho apavorante. Ou o falc??o. Ou a ??guia. Mas o PT percebe que seria gritantemente artificial utiliz??-los em suas compara????es. Ser como a jararaca soa natural.

Na imagina????o dos povos, a serpente simboliza perversidade, agress??o insidiosa, deslealdade, emboscada, sordidez. E amedronta muito. Ali??s, logo depois de Lula julgar que a jararaca, em resumo expressivo, simbolizava bem o que pretendia transmitir, por inadvert??ncia de deputada comunista, tivemos deprimente exemplo da sordidez cumpanhera ao ouvir o que o morubixaba petista vociferava a uma senhora, a presidente da Rep??blica, em v??deo divulgado por Jandira Feghali (???Lula est?? nesse momento conversando com a presidente da Rep??blica???, relatava empolgada a parlamentar). Nem vou transcrever o que Lula dizia desembara??adamente ?? Presidente, pelo visto julgado por ambos a coisa mais natural do mundo, ali estava aut??ntico, sem maquiagem propagand??stica, o ambiente petista.

Concordo com Lula: a jararaca est?? viva. Por que preocupa? Aten????o, n??o ?? s??, nem principalmente, porque pica e mata. ?? sobretudo pela capacidade de seduzir, trazendo, postas certas condi????es, o passarinho para sua boca. O passarinho hipnotizado representa parte da opini??o do Brasil. Ningu??m agora est?? tratando da capacidade sedutora da jararaca, mas n??o foi sobretudo a intimida????o da milit??ncia que nos jogou no buraco, foi a gigantesca capacidade de iludir do petismo e de seus companheiros de viagem.

As an??lises destacam, o PT est?? utilizando o epis??dio para ati??ar a milit??ncia e tentar incendiar as ruas, para, por intimida????o, o primeiro dos efeitos, ver se diminui a ades??o popular ao ato oposicionista programado para o pr??ximo domingo, 13. Nessa dire????o, o l??der do governo na C??mara, deputado Jos?? Guimar??es (o patriota dos d??lares na cueca do assessor), nos ??ltimos tempos em geral trabalhando mais para bombeiro que para incendi??rio, desta vez carregou delirantemente nas tintas. Qualificou a condu????o coercitiva de ???tentativa de golpe da direita, de setores da Pol??cia Federal, do Minist??rio P??blico e de grande parte da m??dia. Foram al??m do limite???. Apontou a meta: ??? A milit??ncia do PT tem que reagir. Temos que dizer ‘n??o’ ao golpe. Temos que ter uma agenda de combate ao golpe iniciado pela oposi????o.

Em suma, a inten????o da c??pula partid??ria est?? clara, aproveitar o epis??dio para mandar o corneteiro tocar ???cavalaria, avan??ar???, ???cavalaria, degolar???. Antes, nos ??ltimos anos, o que levou ao triunfo estava mais para o flautista de Hamelin, adormecer, embair, afundar, um gigantesco poder encantat??rio. Agora, posta de lado a flauta aliciante, a c??pula espera aferventar a milit??ncia com a corneta do combate. Vai dar certo?

Tem seus riscos. O bruxedo petista funcionou com opini??o p??blica meio adormecida, abobada com o Lulinha, paz e amor e recursos semelhantes. Veio a era da bonan??a dos pre??os das commodities. Agora, pobreza e desemprego aumentando, oposi????o crescendo, para amedrontar anunciam com estrondo o ???cavalaria avan??ar??? e o ???cavalaria, degolar???. Ser?? que o brasileiro m??dio vai se intimidar? Ou causar?? efeito contr??rio, aumento do ??nimo reativo e cristaliza????o de posi????es?

Historicamente prejudicou mais a capacidade de iludir, na qual a milit??ncia petista intimidante, mais fuma??a que fogo, era recurso valioso, usado em especial para amolecer resist??ncias de setores conservadores reativos. A cantilena, era preciso ceder um pouco, n??o dava mais. Todavia, os grandes instrumentos sempre foram outros, o esquerdismo burgu??s, a colabora????o eclesi??stica, a superficialidade otimista e descuidada dos opositores, bem como a patrulha implac??vel contra tudo o que representava vigil??ncia l??cida. Repito aqui, a intimida????o dos movimentos sociais ?? coisa s??ria e deve ser tida em considera????o, contudo, aten????o, ?? mais fuma??a que fogo. Boa parte dela ?? de gente paga, ??dio de aluguel. Decisivas continuam sendo as outras formas de colabora????o com a esquerda.

Cuidado! Na??o adianta tirar um jaboti e colocar um outro no lugar

Publicado em: 05-03-2016 | Por: bidueira | Em: Desarmamento, DIREITO DE PROPRIEDADE, PLD em Foco, Seguran??a P??blica, SITUA????O NACIONAL

0

PLD em Foco

Cel. Paes de Lira comenta.

O que sabemos e n??o sabemos

Publicado em: 05-03-2016 | Por: bidueira | Em: Comiss??o da Verdade, Esquerda cat??lica, PT, REVOLU????O DE 64, Seguran??a P??blica, SITUA????O NACIONAL

0

Sabemos que a aposta dos radicais est?? nas ruas, alimentada pelo palanque do arruaceiro-mor desta Rep??blica, o maior respons??vel pelas tens??es e acirramento de ??nimos com que agora o PT e seus associados pretendem intimidar a sociedade

A Justi??a ?? tanto instrumento de aplica????o da Lei quanto express??o da soberania do Estado. Para a justi??a ser feita, ela julga e afirma que todos est??o sujeitos ao seu julgamento.

Se n??o for assim, se for rompida a rela????o entre a????o e alcance da Justi??a, a vida em sociedade fica imposs??vel. Na medida em que uns se coloquem al??m dela, n??o haver?? mais autoridade sobre todos, o que degrada n??o apenas o Estado, mas a sociedade em seu conjunto, que ?? o que continua a acontecer no Brasil e nos levou ao atual estado de coisas.

Ou algu??m acha normal que um ex-presidente investigado escolha quando depor e quem o investigue? E como aceitar que personalidades de dito elevado saber critiquem a condu????o do ex-presidente para depor da forma a que estaria sujeito qualquer outro cidad??o que se recusasse a faz??-lo? N??o ?? suficiente que o Estado tenha sido aparelhado e saqueado pelo PT? Vamos agora despoj??-lo dos instrumentos de que ele ainda disp??e para exercer a soberania em nome de todos n??s?

O que de mais preocupante aconteceu ao Brasil nessa 6a feira, 4 de mar??o de 2016, n??o foi a condu????o coercitiva de um ex-presidente investigado ou a pajelan??a montada nos arraiais petistas para desagrav??-lo.

O que aconteceu de muito grave ao Brasil foi a falta de apoio das lideran??as institucionais do Pa??s ?? iniciativa corajosa de um juiz de primeira inst??ncia a pedido de uma equipe de procuradores e policiais cujas a????es contam com indiscut??vel apoio da esmagadora maioria da sociedade brasileira.

Nesse contexto, o que significa o ???inconformismo??? da presidente-criatura com o que aconteceu ao presidente-criador? O que quer dizer o sil??ncio do Congresso, do STF e da Procuradoria Geral da Rep??blica perante um ato republicano que deveriam aplaudir?

Muito e nada de bom, reiterando o que sabemos. Que temos um governo que flerta com o aberto desafio ?? Justi??a. Que as institui????es do Pa??s continuam sem funcionar. Que n??o temos lideran??as ?? altura da crise que enfrentamos.

E que, por fim e por certo mais grave, a maioria da sociedade est?? desacreditando n??o s?? do governo mas das institui????es que conformam o Estado brasileiro que aparenta estar corrompido at?? a raiz, incapaz mesmo de se defender, quanto mais ?? sociedade que nele se organiza politicamente.

?? um absurdo imaginar que a sociedade brasileira esteja se descolando do Estado. Mas a continuar o alheamento das institui????es em rela????o ??s expectativas da sociedade, isso pode se tornar em inc??ndio ?? menor fa??sca.

Parece que toda a esperan??a de grande maioria da popula????o se remete nesse momento ao Juiz S??rgio Moro, como at?? pouco tempo aconteceu com o Ministro do STF Joaquim Barbosa. E o que vai acontecer quando canalhices, conchavos e fraquezas acabarem com toda a esperan??a? Vai sobrar o qu???

Sabemos que a aposta dos radicais est?? nas ruas, alimentada pelo palanque do arruaceiro-mor desta Rep??blica, o maior respons??vel pelas tens??es e acirramento de ??nimos com que agora o PT e seus associados pretendem intimidar a sociedade.

Sabemos que a sensatez vai perdendo espa??o a cada dia, espremida pelo desemprego, pela inadimpl??ncia e pela fal??ncia das empresas, enquanto prossegue nos plen??rios e tribunais o jogo de cartas marcadas. E sabemos perfeitamente que essa n??o ?? uma situa????o est??vel, que possa perdurar indefinidamente.

O que ningu??m sabe ?? o quanto custar??.

  • Doutor em Ci??ncias Militares e Historiador

CAUSA DA DEBACLE ECONOMICA

Publicado em: 01-03-2016 | Por: bidueira | Em: DIREITO DE PROPRIEDADE, Esquerda cat??lica, Pol??tica Internacional, PT, SITUA????O NACIONAL

0

Agencia Boa Imprensa – ABIM

CAUSA DA DEBACLE ECONOMICA

Adolpho Lindenberg

 

Posted: 29 Feb 2016 03:35 PM PST

A respons??vel efetiva pela grav??ssima crise que atinge o Brasil ?? a mentalidade socialista-marxista que fracassou completamente no mundo comunista, mas que insistem em implant??-la em nosso Pa??s. Mais.

http://www.abim.inf.br/causa-da-debacle-economica/#.VtZUWJwrJ1s