Matérias em Destaque

Mais um projeto de lei equivocado para modificar o... Pela Legitima Defesa Cel. Paes de lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=tSzpv6N5ui8

Leia mais...

Idoso defende o lar e repele roubo. Enquanto isso,... PLD em foco Cel. Pes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=OP81V6lfdCQ

Leia mais...

Entram em vigor (ou não!?) novos decretos regulamentadores... Pela Legitima Defesa em Foco Cel. Paes de Lira comenta https://www.pelalegitimadefesa.org.br/npld/

Leia mais...

Voto de semideus não surpreende, embora nos indigne:... PLD em Foco Cel. Paes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=hQLuF6YRL4I Voto de semideus não surpreende, embora nos indigne: é o mecanismo de anulação do Executivo em ação

Leia mais...

PÚSTULAS DILETAS  "...Salvador Allende implantou enérgico programa de comunistização do Chile sem recorrer a legislação nova. Com base em legislação de governos burgueses, “los resquicios legales”, pôde impor...

Leia mais...

  • Anterior
  • Proximo

Ditador Castro, apoio eclesi??stico e mito murchado

Publicado em: 30-11-2016 | Por: bidueira | Em: Conclave 2013, DIREITO DE PROPRIEDADE, Esquerda cat??lica, FARCs, Persegui????o religiosa, Pol??tica Internacional, PT, Terrorismo

0

Ag??ncia Boa Imprensa
Gonzalo Guimaraens (*)

Fidel Castro e Francisco

Sem os enigm??ticos apoios eclesi??sticos do mais alto n??vel ??? incluindo os tr??s ??ltimos Pont??fices ??? o sanguin??rio ditador Castro e a revolu????o comunista cubana n??o teriam avan??ado al??m da Sierra Maestra e da prov??ncia de Santiago de Cuba. Leia mais clicando aqui

O Canalha Transl??cido

Publicado em: 27-11-2016 | Por: bidueira | Em: Esquerda cat??lica, Persegui????o religiosa, Pol??tica Internacional, PT, SITUA????O NACIONAL, Terrorismo

0

O canalha transl??cido

P??ricles Capanema

Fartei-me com a cobertura indecente, desproporcionada e gritantemente sintom??tica da morte de Fidel Castro. Ditirambos disparatados, an??lises tendenciosas, cr??ticas suaves. Foram exce????o palavras como a de Anna Cec??lia Malmstr??m, Comiss??ria Europeia do Com??rcio: ???Fidel Castro foi um ditador que oprimiu seu povo por 50 anos. Muito estranho todos os elogios nas not??cias de hoje???.

Estranho, mas n??o novo. Prov??m de mentalidade antiga, embebida de complac??ncia com toda forma de esquerdismo, mesmo o mais extremista. Lembrei-me de cr??nica de Nelson Rodrigues sobre o embasbacamento subserviente de magotes da intelligentsia brasileira e da sociedade carioca em torno de Jean-Paul Sartre, o velho comunista, que visitou o Rio de Janeiro. O texto atual??ssimo, profil??tico, ?? de 22 de abril de 1968: ???De onde vem meu horror a Sartre? Foi numa confer??ncia do mestre. Lembro-me de tudo. Confer??ncia, ali, na ABI […] Eu estava na sala superlotada. […] Por mais estranho que pare??a, eu n??o prestava a menor aten????o ao conferencista. Mais que a palavra de Sartre, fascinou-me a cara dos seus admiradores. A cara! […] A cara dos admiradores de Sartre merecia, sim, a folha de parreira. Homens e mulheres lambiam com a vista o fil??sofo. Por certo, h?? admira????es nobil??ssimas e outras que s??o abjetas. Naquela tarde, e naquela sala, eu s?? via admira????es abjetas. […] O meu horror a Sartre come??ou nos seus admiradores e, mais precisamente, come??ou na cara dos seus admiradores. S?? posteriormente ?? que tratei de fazer uma revis??o da obra sartriana. […] Sua obra ?? todo um gigantesco julgamento dos valores de vida. Vamos tamb??m julg??-lo. Sartre recusou o Pr??mio Nobel. Conv??m esvaziar tal ren??ncia de todo o falso pat??tico, de todo pseudossublime. O fil??sofo n??o perdeu um tost??o. Pelo contr??rio: ??? foi um gesto promocional de g??nio e que serviu apenas para aumentar a sua bilheteria. […] Argumenta o fil??sofo que o Pr??mio Nobel foi concedido a Boris Pasternak. Mas quem ?? Pasternak? Diz ele: ??? ???Um escritor que n??o ?? lido em sua pr??pria terra???. Vejam: ??? ???Um escritor que n??o ?? lido em sua pr??pria terra???. A?? est?? o canalha, o l??mpido, o transl??cido canalha Jean-Paul Sartre. Se disse isso, ?? um canalha (e o disse num claro e deslavado documento para o mundo). E repito: ??? de uma simples frase emerge todo o canalha. Vejam bem. Um crime contra a intelig??ncia impediu que Pasternak fosse lido em sua pr??pria l??ngua. E Sartre est?? a favor do ???crime??? e contra a v??tima. Pasternak ?? um poeta, um romancista, um pensador que o totalitarismo sovi??tico havia de exterminar, at?? fisicamente. E Sartre n??o pinga uma palavra de compaix??o sobre o assassinato de um artista. (Preciso falar tamb??m de um prodigioso documento. ?? um manifesto de Oitocentos intelectuais russos. E l?? se faz tamb??m a excomunh??o do autor em desgra??a. Oitocentos intelectuais russos, Oitocentos canalhas.) Mas a mis??ria n??o para a??. Perguntem aos nossos intelectuais de esquerda: ??? ???Voc??s leram o que Sartre disse sobre o Pasternak????. Ningu??m leu, ningu??m viu, ningu??m sabe. O monstruoso documento saiu em todos os idiomas. E n??s, que o lemos e o relemos, fingimos um pequeno, irrelevante, c??nico lapso de mem??ria. Agora mesmo vejo um telegrama de Moscou, que todos os jornais publicaram: ??? nove intelectuais russos foram julgados e condenados sumariamente. Imagino se esses tamb??m assinaram o manifesto contra Pasternak. Leiam os nossos pr??ximos suplementos dominicais. Os nossos intelectuais de esquerda n??o v??o exalar um m??sero e t??nue suspiro. ?? um crime contra a intelig??ncia. Mas Jean-Paul Sartre disse, aqui, que a R??ssia era ???a Revolu????o???. E, como tal, tem todo o direito de enfiar na cadeia a canalha intelectual. […] Nunca a intelig??ncia se degradou tanto???.

No meio da geral louvaminha a Sartre no Brasil, Nelson Rodrigues teve a coragem singela de, com base em um fato, exprimir o ??bvio ululante: o homem era um canalha transl??cido. At?? agora, de ningu??m escutei o ??bvio ululante: Fidel Castro foi um canalha transl??cido. E entre a montanha de fatos para embasar o ju??zo lembro esses: foi tirano implac??vel, torturador de seu povo, lambe-botas de Kruschev e Brejnev; destruiu os sonhos de gera????es de cubanos. No Brasil, esse amigo pr??ximo do PT, do frei Betto e de gente assemelhada treinou e estimulou guerrilheiros que, na tentativa aloucada de impor ao povo brasileiro renitente a ditadura do proletariado, ceifaram a vida de militares e policiais heroicos, bem como de civis inocentes, hoje em geral dolorosamente esquecidos, tantas vezes com a mem??ria injustamente escarnecida. Eu me associo enfaticamente ?? alegria dos cubanos exilados na Fl??rida, esperan??osos com a perspectiva de Cuba regressar ?? trilha da liberdade, da prosperidade e harmonia social, da qual foi arrancada brutalmente h?? mais de 50 anos.

 

Ex??rcito Brasileiro aumenta a press??o sobre os CACs

Publicado em: 26-11-2016 | Por: bidueira | Em: Desarmamento, PLD em Foco, Seguran??a P??blica, SITUA????O NACIONAL

1

PLD em Foco

Coronel Paes de Lira

Publicado em 25 de nov de 2016

http://pldemfoco.pelalegitimadefesa.o… 1. Ignorando o papel de for??a auxiliar do Ex??rcito Brasileiro, este aumenta a press??o sobre as CACs.

2. Instituto Igarap?? indica quem o financia. Entre eles dois velhos conhecidos: Instituto Fernando Henrique Cardoso e Instituto Sou da Paz.

3. Americana de 78 anos, fazendo uso do seu direito ?? leg??tima defesa, p??e a correr 3 bandidos que tentaram assalt??-la.

?? bem pior!

Publicado em: 22-11-2016 | Por: bidueira | Em: SITUA????O NACIONAL

0

DI??RIO DO COM??RCIO – Opini??o

 

N??o h?? lideran??as institucionais, em nenhum dos poderes da Rep??blica, para fazer face ??s cobran??as e demandas da sociedade brasileira

Tr??s grandes desenvolvimentos em curso no Brasil, cada um com sua din??mica, podem agravar o j?? tumultuado cen??rio pol??tico brasileiro.

O primeiro ?? a Opera????o Lava-Jato, a qual, tudo indica, vai revelar fatos ainda mais graves dos que at?? aqui vieram ?? tona, sem que ningu??m saiba ao certo at?? onde repercutir??o os efeitos dessa eviscera????o da corrup????o, podendo ir desde a desorganiza????o do quadro sucess??rio at?? a da pr??pria estrutura partid??ria, a exemplo do que aconteceu na It??lia com a Opera????o M??os Limpas, diga-se, a esta altura, j?? ultrapassada pela sua cong??nere brasileira.

O segundo se coloca em rota de colis??o com o primeiro. Trata-se da movimenta????o do Legislativo no sentido de impedir que as investiga????es da Lava-Jato atinjam os seus integrantes, em um dos maiores e piores consensos suprapartid??rios j?? vistos no Pa??s.

Se vingar, muito mais do que se chocar com procuradores e ju??zes, ele pode trazer ??s portas do Congresso Nacional em Bras??lia a maior multid??o enfurecida da Hist??ria do Brasil.

E silencioso, mas prestes se desvelar, o julgamento da chapa Dilma-Temer nas elei????es de 2014 pelo TSE, que pode fazer do governo no qual se depositam justificadas expectativas um dos mais curtos da hist??ria pol??tica brasileira, criando instantaneamente um caos pol??tico que agravar??, aqui e l?? fora, a j?? combalida situa????o econ??mica do Pa??s.

Para o bem ou para o mal, cada um desses encadeamentos tem a sua pr??pria l??gica e regras, no primeiro caso perseguindo objetivos legais, descaradamente imorais no segundo ou quem sabe simplesmente t??cnicos no terceiro, e eles v??o piorando um cen??rio nacional nada auspicioso.

O governo federal, a despeito de possuir quadros de qualidade, ?? ref??m do que h?? de pior no Congresso Nacional, de cima a baixo.

E, n??o obstante ter obtido vit??rias importantes no encaminhamento de ajustes e reformas, parece longe de conseguir concretiza-las, dado o fisiologismo da base de apoio que est?? mais preocupada em salvar a si mesma do que ao Pa??s.

Os resultados n??o se fizeram por esperar. O FMI e o pr??prio governo azedaram a prospectiva de recupera????o econ??mica do Pa??s e reduziram a proje????o de crescimento do PIB para 2017, com toda a sorte de pioras que isso traz.

A tentativa do governo fluminense em empurrar para seu funcionalismo p??blico a conta do desastre das finan??as estaduais s?? piorou a situa????o do Rio de Janeiro.

Ficou no ar a sensa????o de que a destrambelhada iniciativa s?? n??o avan??ou na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro gra??as ?? pris??o decretada por juiz de primeira inst??ncia de um ex-governador investigado pelas irregularidades que comp??em o pano de fundo do caos nas contas p??blicas do Estado e, pior, por causa da invas??o daquela casa por manifestantes n??o contidos pela Pol??cia Militar.

Mas as coisas sempre podem ficar piores. Uma semana depois, no decorrer de uma sess??o deliberativa?? da C??mara de Deputados, manifestantes, pretextando as manobras em curso?? no Congresso para deter a Lava-Jato e outras investiga????es, invadiram o plen??rio da Casa gritando palavras de ordem e ocupando a mesa diretora dos trabalhos, uma cena da qual n??o h?? registro na Hist??ria do Brasil, nem tampouco para qual existam explica????es ou justificativas.

Assim, o p??s-impeachment est?? mostrando que a situa????o do Brasil ?? bem pior do que se imaginava.

Depois de treze anos de anu??ncia ao populismo pol??tico e fiscal, de conviv??ncia com a corrup????o como instrumento de poder e de conformismo com o atraso e o subdesenvolvimento, o Pa??s est?? insolvente, n??o do ponto de vista econ??mico, mas acima de tudo pol??tico.

Como est??o a demonstrar os acontecimentos recentes, n??o h?? lideran??as institucionais, em nenhum dos poderes da Rep??blica, para fazer face ??s cobran??as e demandas da sociedade brasileira.

Michel Temer faz bem o que sabe, trabalho de bastidores, composi????es pol??ticas, apaziguamentos e alian??as improv??veis. Mas n??o pode, n??o sabe ou n??o quer fazer o que o Pa??s precisa que seu presidente fa??a nesse momento: demonstrar assertividade, credibilidade e determina????o na ado????o das medidas moralizadoras que a sociedade espera, as quais, ao contr??rio do que muitos acreditam, s??o mais importantes e priorit??rias do que as econ??micas.

Quanto aos demais poderes, enleados em suas pr??prias contradi????es, distor????es e corporativismos, seus titulares maiores n??o possuem condi????es de romper essa rede nefasta que os neutraliza. Neles, a l??gica da hierarquia e da meritocracia parece ter se invertido.

Quanto mais alto o c??rculo de tomada de decis??es, menor a efic??cia das medidas. Quanto mais alta a autoridade, mais pr??ximas as suas decis??es dos interesses esp??rios e imorais que circulam desavergonhadamente nos corredores palacianos Pa??s afora.

E se atribui tudo isso a um conflito de poderes. ?? pior.

Subordinados denunciam o emprego ilegal de suas organiza????es por pol??ticos.

Pol??cias n??o cont??m invasores que investem contra institui????es.

Ju??zes de primeira inst??ncia, procuradores e policiais fazem o que a popula????o espera,?? esfor??ando-se por convencer os legisladores da necessidade de leis e medidas duras contra a corrup????o, enquanto inst??ncias superiores se calam ou at?? mesmo os contrariam ou desautorizam.

A aprova????o pela popula????o das puni????es aos culpados pela malversa????o generalizada de fundos p??blicos vai dando espa??o a um sentimento de vingan??a social, de uma popula????o humilhada que se compraz na humilha????o p??blica do punido.

Cresce a aprova????o da popula????o a medidas extrajudiciais de combate ?? criminalidade, somando-se tudo isso ?? exaspera????o da sociedade com o denominado politicamente correto que mascara os problemas em vez de resolv??-los.

N??o, o grande problema neste momento n??o ?? um racha entre os Poderes, mas sim?? um racha nos Poderes.

A coisa ?? bem pior. O que est?? rachando ?? a base social de sustenta????o das institui????es no Pa??s. A continuar assim, s?? vai restar o bom senso dos brasileiros de bem.

 

TRUMP ?? favor??vel a ter e portar armas de defesa

Publicado em: 20-11-2016 | Por: bidueira | Em: Desarmamento, Elei????es americanas, PLD em Foco, Pol??tica Internacional, Seguran??a P??blica, SITUA????O NACIONAL

0

PLD em Foco

Coronel Paes de Lira comenta:

1. Na campanha pela presid??ncia da Rep??blica nos EUA, TRUMP declarou que ?? pela manuten????o da Segunda Emenda Americana, que garante o direito de ter e portar armas de defesa.

2. Ex??rcito concedeu 211 mil autoriza????es de porte de armas.

SEM PALAVRAS

Publicado em: 12-11-2016 | Por: bidueira | Em: CHAVES, CHINA, DIREITO DE PROPRIEDADE, Esquerda cat??lica, PLD em Foco

0

Sem palavras

Agencia Boa Imprensa

P??ricles Capanema

De 3 a 5 de novembro foi realizado no Vaticano o 3?? Encontro Mundial de Movimentos Populares. O primeiro foi ali, o segundo na Bol??via, o terceiro voltou a ter lugar no Vaticano. O Papa Francisco encorajou-os e deles participou com o discurso de encerramento. Agora, segundo afirmam documentos oficiais, reuniu delega????es de 67 pa??ses. S??o, de fato, movimentos de extrema esquerda do mundo inteiro. Sobre o ??ltimo encontro, declarou Jo??o Pedro St??dile, dirigente m??ximo do MST, presen??a destacada nessas reuni??es, que ali iriam discutir formas de combater ???a democracia burguesa hip??crita??? e a ???a apropria????o privada dos bens comuns da natureza???. Esclareceu ainda que o principal instrumento te??rico do movimento para aumentar a consci??ncia ?? a enc??clica Laudato S?? do atual Pont??fice. N??o custa lembrar, em 2014 o l??der do MST confessou, ???n??s, marxistas, lutamos junto com o Papa para parar o diabo???

O encontro no Vaticano aprovou, ???em di??logo com o Papa Francisco???, 41 mo????es das quais abaixo relaciono nove:

  1. ???Repudiamos os abusos de direitos humanos e assassinatos que a Pol??cia comete em diversos Estados dos Estados Unidos. […] Repudiamos o genoc??dio contra os jovens negros brasileiros???. A Pol??cia brasileira praticaria genoc??dio contra negros.
  2. ???Repudiamos a ruptura da democracia no Brasil e o compl?? midi??tico presidencial-congressual que deu origem a um golpe de Estado institucional para impor um programa de governo que reduz os direitos dos trabalhadores???. Dispensa coment??rios.
  3. ???Denunciamos o Poder Judic??rio do Estado de Minas Gerais, Brasil, que determinou a desocupal??o for??ada de 8 mil fam??lias das comunidades da regi??o de Izidora Rosa???.
  4. ???Manifestamos nossa solidariedade aos delegados dos movimentos populares da Venezuela, os quais apoiam a media????o do Papa Francisco, e reclamamos o fim dos ataques ?? ordem constitucional???. De outro modo, apoio ao governo Maduro, ativo promotor da ditadura e fator principal da mis??ria e da fome sofridas pelos pobres na Venezuela.
  5. ???Denunciamos a grave situa????o dos presos pol??ticos em v??rios pa??ses, {…], Porto Rico, Espanha, Turquia, Estados Unidos???. Sil??ncio revelador e vergonhoso sobre a situa????o dos presos pol??ticos em Cuba, Venezuela, Coreia do Norte.
  6. ???Pedimos ao Papa Francisco que se manifeste contra o sistema THAAD na Coreia do Sul, fator de tens??o no nordeste da ??sia???. Esse sistema militar antim??ssil ?? contra a possibilidade de ataque por m??sseis da Coreia do Norte comunista, que h?? pouco explodiu uma bomba at??mica. Nem uma palavra sobre a bomba at??mica do regime comunista de Pyongyang.
  7. ???Condenamos o emprego de venenos agr??colas produzidos e controlados por Bayer/Monsanto, Sygenta, Chemical, Du Pont, Steel Quinoa, multinacionais que envenenam os alimentos no mundo. A ChemChina, estatal do governo comunista chin??s, caminha para ser a maior produtora mundial de agrot??xicos. ?? uma gigantesca multinacional presente em 120 pa??ses. Tem vendas de aproximadamente 40 bilh??es de d??lares anuais. Nem uma palavra contra ela.
  8. ???Basta de desocupa????es de camponeses. A terra ?? de quem a trabalha???. Antigo slogan dos agitadores comunistas. Quando no poder, a terra era coletivizada e ficava nas m??os do Estado.
  9. ???Expressamos nossa solidariedade com a Escola Nacional Florestan Fernandes, a escola de forma????o latino-americana do MST, que foi atacada pela pol??cia no Brasil.???

O Papa Francisco, como disse, encerrou o encontro. Aproveitou para reiterar sua proximidade com os participantes: ???Neste terceiro encontro nosso expressamos a mesma sede de justi??a, e o mesmo clamor: terra, teto e trabalho para todos???. Estimulou estruturas de apoio: ???Obrigado aos bispos que vieram acompanhando voc??s???. O suporte episcopal no mundo inteiro, ?? claro, n??o existiria outra fosse a atitude da Santa S??. A estes movimentos especializados na subvers??o e na agita????o social o Papa Francisco qualifica de ???poetas sociais???, por raz??o surpreendente, encadeiam criativamente grandes e pequenas a????es. N??o quis deixar d??vidas: ???Felicito-os, acompanho-os, pe??o-lhes que continuem abrindo caminho e lutando. Isso me d?? for??a, isso nos d?? for??a???. Quem n??o conhece, o velho programa desses movimentos, invariavelmente, onde foi aplicado, levou ?? tirania e ?? mis??ria. Foi o maior flagelo dos pobres ao longo do s??culo 20. E teve sempre uma nota anticrist??, expressa em medidas libert??rias e tantas vezes em persegui????o religiosa? Hoje existe algum pobre fugindo para Cuba? Para a Coreia do Norte? Para a Venezuela? Milh??es e milh??es de pobres do mundo est??o fugindo para os Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra.

Esbofeteado pela realidade, estou sem palavras. Edmond Rostand imagina no L???Aiglon o reencontro de Maria Lu??sa com o filho, a quem pede perd??o. O duque de Reichstadt reza: ???Meu Deus, inspirai-me a palavra profunda e entretanto leve, com a qual um filho perdoa ?? m??e???.

?? do que todos precisamos: palavras filiais, respeitosas e profundas que desvelem a realidade inteira. Uma primeira constata????o: chocado com repetidas atitudes de favorecimento aos lobos, o rebanho est?? se isolando do Pastor.

Lula pode ter no seu acervo uma AK-47?

Publicado em: 12-11-2016 | Por: bidueira | Em: Desarmamento, PLD em Foco, PT, Seguran??a P??blica, SITUA????O NACIONAL

0

PLD em Foco

Coronel Paes de Lira comenta

Publicado em 11 de nov de 2016

1. Na rela????o de bens (tralha) do ex-presidente Lula h?? uma AK-47, fabricada na Cor??ia do Norte. Sua posse seria legal?
2. Bene Barbosa, do MVB e co-fundador da Associa????o Brasileira Pela Leg??tima Defesa, entrega ao Ministro da Justi??a o livro escrito por ele e prefaciado pelo Cel Paes de Lira

Criminalidade: Chicago, parece o Brasil

Publicado em: 05-11-2016 | Por: bidueira | Em: Desarmamento, Elei????es americanas, PLD em Foco, Seguran??a P??blica

0

PLD em Foco

Coronel Paes de Lira comenta