Matérias em Destaque

Finalmente editado, o decreto regulamentador do Estatuto... PLD em Foco Coronel Paes de Lira comenta Finalmente editado, o decreto regulamentador do Estatuto do Desarmamento é bom e pode melhorar https://www.youtube.com/watch?v=ysedgYDpg8Y&feature=push-sd&attr_tag=0ZCupDyFDnF_zbCs%3A6

Leia mais...

Brava mulher comerciante reage a roubo à bala e põe... PLD em Foco Coronel Paes de Lira comenta Brava mulher comerciante reage a roubo à bala e põe ladrão armado fora de ação https://www.youtube.com/watch?v=qsxLKqPGf Errata: O Cel. Paes de Lira...

Leia mais...

Tardança do anunciado decreto de Bolsonaro para facilitar... PLD em Foco Coronel Paes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=oFKAtVYn-vg

Leia mais...

Extorsão Indígena Extorsão indígena 7 de abril de 2019 Eugenio Trujillo Villegas* O sudoeste da Colômbia continua inexplicavelmente paralisado, situação que persiste há quase um mês. O exército, a polícia,...

Leia mais...

Anemia do abril vermelho Anemia do abril vermelho  Péricles Capanema  Desde 1997 o MST promove o abril vermelho. Financiado com dinheiro público, o gigantesco show de agitações reclamou sempre a radicalização da reforma...

Leia mais...

  • Anterior
  • Proximo

Por que se celebra a noite de Natal com a “Missa do Galo”?

Publicado em: 24-12-2017 | Por: bidueira | Em: CONTOS DE NATAL, Costumes, Família, Festas religiosas, Nova et Vetera, Tradições

0

“Missa do Galo” é o nome da celebração litúrgica da meia-noite, na véspera do Natal. A expressão vem da tradição segundo a qual à meia-noite do dia 24 de dezembro um galo cantou mais fortemente que qualquer outro de seus semelhantes, anunciando o nascimento do Menino Jesus.

Assim como o galo anuncia o nascer do sol e seu canto preludia o amanhecer, assim também a “Missa do Galo” comemora e canta o nascimento de Jesus, o Sol nascente que, clareando a escuridão do pecado, veio nos remir.

Galo no alto da torre da Catedral de São Vito, em Praga

O galo foi escolhido como símbolo desta celebração porque ele representa, histórica e tradicionalmente, a vigilância, a fidelidade e a fé proclamada no auge das trevas.

Por isso podemos ver, no topo do campanário das igrejas, um galo proclamando para todos os quadrantes que Jesus nasceu.

A celebração é feita à meia-noite porque o nascimento ocorreu por volta dessa hora. A “Missa do Galo” foi celebrada pela primeira vez no século V pelo Papa Xisto III na então nova basílica de Santa Maria Maior, onde são hoje veneradas as relíquias do Santo Presépio, conservadas em artístico e alusivo relicário. Leia mais…

http://www.abim.inf.br/por-que-se-celebra-a-noite-de-natal-com-a-missa-do-galo/#.Wj-rQtWnGzc

Deixe um Comentário!