Matérias em Destaque

Idoso defende o lar e repele roubo. Enquanto isso,... PLD em foco Cel. Pes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=OP81V6lfdCQ

Leia mais...

Entram em vigor (ou não!?) novos decretos regulamentadores... Pela Legitima Defesa em Foco Cel. Paes de Lira comenta https://www.pelalegitimadefesa.org.br/npld/

Leia mais...

Voto de semideus não surpreende, embora nos indigne:... PLD em Foco Cel. Paes de Lira comenta https://www.youtube.com/watch?v=hQLuF6YRL4I Voto de semideus não surpreende, embora nos indigne: é o mecanismo de anulação do Executivo em ação

Leia mais...

PÚSTULAS DILETAS  "...Salvador Allende implantou enérgico programa de comunistização do Chile sem recorrer a legislação nova. Com base em legislação de governos burgueses, “los resquicios legales”, pôde impor...

Leia mais...

0:14 / 6:31 Assembleia Legislativa fluminense rejeita... PLD em Foco Cel. Paes de Lira comenta ??Assembleia Legislativa fluminense rejeita emenda constitucional que permitiria ind??stria de armas https://www.youtube.com/watch?v=VIAWCHlTPRI

Leia mais...

  • Anterior
  • Proximo

Presidente Bolsonaro baixa decreto, mas frustra as expectativas dos que lutam pela leg??tima defesa

Publicado em: 16-01-2019 | Por: bidueira | Em: Costumes, Desarmamento, DIREITO DE PROPRIEDADE, Leg??tima Defesa, PLD em Foco, PT, Seguran??a P??blica, SITUA????O NACIONAL, Terrorismo, Tradi????es

0

PLD em Foco

Coronel Paes de Lira comenta

Presidente Bolsonaro baixa decreto, mas frustra as expectativas dos que lutam pela leg??tima defesa

Edifica????o e esc??ndalo

Publicado em: 14-01-2019 | Por: bidueira | Em: CHAVES, DIREITO DE PROPRIEDADE, Esquerda cat??lica, FARCs, Francisco, Persegui????o religiosa, Pol??tica Internacional, PT, Seguran??a P??blica, Terrorismo

Tags:

0

Edifica????o e esc??ndalo

P??ricles Capanema

??Durante longos per??odos na Idade M??dia e, mesmo depois, o Papa agiu repetidas vezes como ??rbitro em conflitos de na????es e povos. Dava a ??ltima palavra, acatada por imperadores, reis, outros dirigentes temporais. N??o era fun????o ligada intrinsecamente ao m??nus petrino, mas, entre outros fatores, a enorme respeitabilidade do Soberano Pont??fice o empurrava naturalmente, pela for??a das coisas, para o centro da vida temporal europeia. Tarefa edificadora, outros tempos. A laiciza????o da esfera civil limitou enormemente seu papel em tais mat??rias. A Santa S??, relativamente, poucas vezes agiu como ??rbitro de forma oficial nos ??ltimos tempos. Mas dessa longa e ben??fica presen??a dos Papas em mat??rias temporais, ficou o h??bito de ouvir o Soberano Pont??fice, cuja voz n??o fere apenas os t??mpanos dos cat??licos, mas de incont??veis pessoas interessadas em conhecer suas tomadas de posi????o, por sua evidente rela????o com o destino dos povos.

??Contudo, ainda relativamente recente, em nossa ??poca, tivemos eco importante da outrora grande relev??ncia dos Vig??rios de Cristo na resolu????o de disputas temporais. Em fins de 1978, a Argentina e o Chile estiveram ?? beira de conflito armado por causa do Canal de Beagle, no sul do continente; brigavam pela posse das ilhas Picton, Lennox e Nueva. Fracassados os esfor??os diplom??ticos, em 21 de dezembro, tropas argentinas se puseram em marcha para ocupar as ilhas e, se necess??rio, at?? partes do Chile continental. O 4?? Batalh??o de Infantaria da Marinha tinha ordens para nelas desembarcar em 22 de dezembro. As consequ??ncias do conflito militar entre Argentina e Chile, imprevis??veis, mas certamente amaz??nicas, repercutiriam provavelmente por d??cadas em todas as Am??ricas. Basta alinhar o que hoje ?? admitido em suas linhas gerais. O alto comando argentino previa aproximadamente 50 mil baixas nas tr??s primeiras semanas. O Equador entraria no lado da Argentina. O Peru e a Bol??via apoiariam a Argentina. Os chilenos pretendiam atacar a usina nuclear de Atucha. N??o se sabe que posi????o tomaria o Brasil. A guerra com certeza deixaria sequelas destruidoras, traria dilacera????es dificilmente sutur??veis na Am??rica do Sul.

??Poucas horas antes do choque, talvez minutos, Argentina e Chile aceitaram a media????o de Jo??o Paulo II, que enviou ?? regi??o, como seu representante, o cardeal Ant??nio Samor??. Tendo como pano de fundo a respeitabilidade pontif??cia, os dois pa??ses, depois de negocia????es dif??ceis, chegaram a um acordo, ilhas para o Chile e controle mar??timo da ??rea para os argentinos. Em 29 de novembro de 1984 no Vaticano assinaram declara????o conjunta de paz e amizade. Hoje, sem sequelas, s??o duas pot??ncias amigas. A????o papal edificadora ou edificante, se quisermos. Atitudes que constroem.

??Viro a p??gina, mas permane??o na Am??rica do Sul (e Central) e tamb??m em assuntos temporais. Na mensagem de Natal de 2018 (25 de dezembro), o Papa Francisco afirmou ???que este tempo de b??n????o permita ?? Venezuela encontrar de novo a conc??rdia e que todos os membros da sociedade trabalhem fraternalmente pelo desenvolvimento do pa??s, ajudando os setores d??beis da sociedade???. Sobre a Nicar??gua disse: ???diante do Menino Jesus os habitantes da Nicar??gua se redescubram irm??os para que n??o prevale??am divis??es e disc??rdias, mas que todos se esforcem em favorecer a reconcilia????o e em construir juntos o futuro do pa??s???. S??.

Em 5 de janeiro, vinte ex-presidentes e chefes de governo latino-americanos, entre os quais Oscar Arias, Pr??mio Nobel da Paz (1987), ex-presidente da Costa Rica, Eduardo Frei, ex-presidente do Chile, Vicente Fox e Felipe Calder??n, ex-presidentes do M??xico, C??sar Gaviria, Andr??s Pastrana e ??lvaro Uribe, ex-presidentes da Col??mbia, Fernando de la Rua, ex-presidente da Argentina, divulgaram severa carta que haviam enviado ao Papa Francisco. De forma serena e respeitosa se confessam escandalizados com a atitude papal por favorecer as ditaduras venezuelana e nicaraguense, assassinas da liberdade e promotoras da mis??ria popular.

Diz a missiva: ???Conhecemos sua preocupa????o pelo sofrimento que hoje padecem, sem distin????es, todos os venezuelanos e, agora, os nicaraguenses. Os primeiros s??o v??timas da opress??o de uma narcoditadura militarizada, que pisa de maneira sistem??tica os direitos a vida, liberdade, integridade pessoal e, a mais, como consequ??ncia de suas pol??ticas p??blicas deliberadas e de uma deslavada corrup????o que escandaliza mundialmente, submete-os a fome generalizada e falta de rem??dios. Os segundos, em meados do ano, foram v??timas de onda de repress??o com quase 300 mortos e 2.500 feridos. De modo que nos preocupa o chamado de Vossa Santidade ?? conc??rdia, j?? que no contexto atual pode entender-se sua fala como um pedido aos povos, que s??o v??timas, para que entrem em acordo com seus algozes; no particular, o caso venezuelano, com um governo que causou 3.000.000 de refugiados, numa di??spora que a ONU julga chegar?? a 5,4 milh??es de pessoas em 2019???.??Lembra a seguir o texto, com base em Jo??o XXIII, que os que oprimem n??o contribuem ?? unidade.

A censura dos vinte presidentes e chefes de governo ?? grav??ssima: para eles, o Papa Francisco est?? equiparando v??tima e algoz, opressores e oprimidos. Com isso favorece o opressor e o algoz. ?? acusa????o de conduta escandalosa, demolidora.

??Poucos dias depois da carta, em 8 de janeiro, documento oficial da Confer??ncia Episcopal Venezuelana declarou ileg??timo o novo governo Maduro que se iniciaria no dia 10 de janeiro. Afirma o texto: ????? um pecado que clama ao c??u querer manter a toda custa o poder e pretender prolongar o fracasso e inefici??ncia dessas ??ltimas d??cadas. ?? moralmente inaceit??vel. A convoca????o [da elei????o presidencial] foi ileg??tima como o ?? a Assembleia Nacional Constituinte imposta pelo Poder Executivo. Portanto a pretens??o de iniciar um novo per??odo presidencial em 10 de janeiro de 2019 ?? ileg??tima???. E reconheceu a Assembleia Nacional como ??nico poder leg??timo: ???A Assembleia Nacional, eleita com o voto livre e democr??tico dos venezuelanos, atualmente ?? o ??nico ??rg??o do poder p??blico com legitimidade???.

No dia 10 de janeiro tomou posse o novo governo, festejado ruidosamente por representantes da China, R??ssia, Cuba, Ir??, Turquia, Vietnam, Coreia do Norte (Gleisi Hoffmann, presidente do PT, estava l??, o PC do B tamb??m mandou representante, havia ainda outros enviados da extrema esquerda brasileira), ??? ausentes a maior parte dos pa??ses da Am??rica do Sul, Uni??o Europeia, OEA, Estados Unidos. No meio daquela ???societas sceleris??? (a express??o brota incoerc??vel, j?? que ali se reuniam para promover um governo opressor), com luz soturna brilhava monsenhor George Koovakod, encarregado de neg??cios da Santa S??, enviado especial, a quem Nicol??s Maduro agradeceu a presen??a no in??cio do discurso. Vem natural ?? mente a den??ncia de Paulo VI de 7 de dezembro de 1968 do ???misterioso processo de autodemoli????o??? que se havia instalado na Igreja Cat??lica.

Edifica????o e esc??ndalo. As interven????es papais nos assuntos temporais edificavam, isto ??, constru??am. Nossa ??poca tem deixado claro que, para esc??ndalo dos fi??is, podem tamb??m demolir. Paro por aqui, as palavras faltam; morrem na boca, sufocadas pelo respeito filial. Deus tenha pena de n??s.

O BRASIL QUE QUEREMOS

Publicado em: 13-01-2019 | Por: bidueira | Em: Ambientes, Costumes, PT, Seguran??a P??blica, SITUA????O NACIONAL, Terrorismo, Tradi????es

0

POR QUE MILH??ES DE BRASILEIROS VOTAMOS EM BOLSONARO, E O LEVAMOS ?? RETUMBANTE VIT??RIA NO PLEITO PRESIDENCIAL?

VAlte(Ref) Sergio Tasso V??squez de Aquino

????Tive a inspira????o de escrever o presente texto, para t??-lo como leitura de cabeceira, como motiva????o e lembran??a permanentes, e com a esperan??a de que alcance a maior difus??o poss??vel entre as pessoas de bem, inclusive os membros do governo, de todos os n??veis, para que nos mantenhamos todos fi??is aos rumos benfazejos que, nos anos de intenso sofrimento que experimentamos, durante o t??o longo tempo de retrocesso e de espolia????o da P??tria e do seu povo, juntos tra??amos e desejamos para a P??tria. Ademais, pretendo que sirva para fortalecer-nos na guerra psicol??gica permanente movida por todos os inimigos do Brasil, que s?? visam ?? domina????o da Terra de Santa Cruz e ?? destrui????o da nossa base espiritual, ??tica, moral e f??sica. Para tanto, precisam e se dedicam a desconstruir e isolar o novo governo.

????Nos par??grafos que se seguem, busquei registrar a nossa profiss??o- de- f??, o que nos inspira e anima na expectativa de que, finalmente e com a gra??a de Deus, se inicie a navega????o segura do Brasil rumo ?? reden????o.

????Lutamos por um governo, um Estado, patriota, competente, honesto e determinado na preserva????o da independ??ncia, da liberdade e da democracia. Que enfrente com energia toda classe de corrup????o, de viol??ncia, de desperd??cios na Na????o, e de desvios e mau emprego dos recursos p??blicos, de indiferen??a diante do sofrimento, da pen??ria, do abandono dos desvalidos, de nepotismo e de concess??o de benesses descabidas de toda a natureza na estrutura do Estado, eliminando as castas que se vieram formando ao longo dos ??ltimos trinta e tr??s anos no Judici??rio, no Legislativo e nas carreiras tornadas privilegiadas do Executivo, apartadas da viv??ncia e da solidariedade diante das crescentes agruras sofridas pelos cidad??os comuns.

????Que n??o aceite interfer??ncias externas, de governos, organismos internacionais, ONGs nos nossos assuntos nacionais, nem quaisquer restri????es ?? soberania, nem subordina????es ?? vontade rentista da banca, e que, ao mesmo tempo, combata com toda a energia as a????es delet??rias, nocivas e destrutivas da revolu????o vermelha sobre os pilares b??sicos da nacionalidade, Terra, Povo e Institui????es. Enfim, que tenha como norte t??o somente a realiza????o dos Objetivos Nacionais Brasileiros e a constru????o do Bem Comum.

????Que promova a devassa r??pida, eficaz e eficiente da gigantesca corrup????o que afogou o Pa??s nos anos mais recentes, em especial desde o advento do predom??nio da esquerda extremada no poder, desvendando todos os roubos e desvios de recursos brasileiros para fins indevidos, inclusive aplica????o fora do nosso territ??rio, sem qualquer retorno ou vantagem para os brasileiros, por meras considera????es de compadrio ideol??gico e de recebimento de propinas. E aplique o mais pesadamente que possa as penas da lei sobre todos os respons??veis, sem exce????o e seja qual for o partido de filia????o pol??tica, por tais crimes hediondos, geradores, ao fim e ao cabo, de tantas mortes e sofrimentos dos concidad??os e perdas sens??veis e sentidas no Desenvolvimento e na Seguran??a do Brasil.

????Que desaparelhe, sem tardan??a e completamente, o Estado brasileiro dos agentes da revolu????o vermelha nele implantados ao longo dos anos, desprovidos de quaisquer compet??ncias e conhecimentos requeridos pelas fun????es, mas ali colocados para realizar o projeto usurpador do partido matriz e para realizar o assalto ao patrim??nio p??blico, a fim de fornecer-lhe recursos para sua programada obra de destrui????o. Precisamos cumprir o prop??sito de ter, em cada fun????o p??blica, um funcion??rio probo, comprometido com a P??tria e os concidad??os, competente, dedicado e operoso no desempenho dos misteres.

????Os centros educacionais, de todos os n??veis, devem ser escoimados rapidamente das influ??ncias delet??rias e das dire????es ideologicamente pervertidas neles enquistadas, para realizarem o papel que lhes cabe de orientar a inf??ncia e a juventude nos caminhos ??tica, moral e profissionalmente corretos e adequados, para contribuir para a grandeza e a felicidade da P??tria justa e altiva que todos merecemos e desejamos.

????Todos os pol??ticos comprometidos no passado com corrup????o e subvers??o da ordem devem ser isolados e afastados, devendo ser prestigiados e aproveitados em cargos de influ??ncia e dire????o t??o somente os autenticamente patriotas, altru??stas, com voca????o de servir e de doar os talentos em benef??cio dos concidad??os, da Na????o Brasileira.

????O Bem e a Virtude devem pautar as normas de agir, com a busca permanente do aprimoramento da educa????o, e das boas maneiras e do bem conviver em sociedade, respeitando os direitos dos demais, e cada um cumprindo os deveres que lhe competem. A Fam??lia, base de tudo e c??lula mater da organiza????o social, tem de ser sempre preservada, fortalecida e defendida contra todas as amea??as.

????Todos os grandes devedores do Er??rio, inclusive os grandes meios de comunica????o social que se esmeraram em destruir diuturnamente os valores da popula????o e em contribuir para a difus??o nefasta da mensagem pervertida da pornografia, da pervers??o de costumes e de valores, da luta de classes, devem ser privados dos recursos da propaganda oficial e compelidos a pagar os tributos a que t??m fugido, h?? tanto tempo. Da mesma forma, os ???intelectuais e artistas??? famosos, distorcida e indevidamente cevados nas benesses da Lei Rouanet e que, por isso, se tornaram arautos e defensores da revolu????o vermelha, t??m de ser privados dessa fonte de recursos, devolvendo o que indevidamente receberam. O mesmo se aplica aos benefici??rios que se descobrirem mentirosa e indevidamente eleg??veis para as milion??rias ???indeniza????es??? pagas desde o governo FHC, por alegados e n??o provados preju??zos decorrentes da a????o restauradora do Movimento de 31 de mar??o de 1964.

????A cobran??a das gigantescas d??vidas dos devedores, pessoas e empresas, abonados, protegidos e relapsos, certamente diminuir??, de muito, o rombo da previd??ncia social e fornecer?? recursos para a necess??ria e esperada recupera????o nacional.

????O bra??o firme da Justi??a tem de se fazer sentir, tamb??m, com o m??ximo de energia, sobre os grupos celerados de criminosos comuns e os chamados ???movimentos sociais???, que levam terror, inseguran??a e intranquilidade para os ambientes rural e urbano.

????Aten????o especial e permanente deve ser dada ?? preserva????o e ?? gera????o de empregos, ?? recupera????o dos destro??ados sistemas de sa??de e saneamento, educa????o e cultura, seguran??a p??blica, transportes, energia, comunica????es, com investimentos maci??os n??o s?? na recupera????o das rodovias, mas tamb??m dos portos, na implanta????o de ferrovias e na constru????o naval e ferrovi??ria, e na constru????o de moradias dignas para a popula????o. Igual aten????o deve ser concedida a ci??ncia e tecnologia, geradoras do progresso dos pa??ses e, juntamente com a educa????o, libertadoras da depend??ncia externa e fomentadoras da industrializa????o de alta qualidade e da maior competitividade dos produtos nacionais no com??rcio internacional, conforme atestam os exemplos not??veis de Finl??ndia, Irlanda e Cor??ia do Sul desde a d??cada de 1950.

????Fundamentais s??o o reaparelhamento e a moderniza????o das For??as Armadas com todos os meios necess??rios para realizar a necess??ria dissuas??o em defesa dos interesses do Brasil, da independ??ncia, da soberania, da integridade do patrim??nio nacional, m??xime territorial, num mundo marcado por guerras e conflitos, em que os pa??ses mais fortes n??o se cont??m no af?? de fazer valer suas vontades, mesmo que de forma violenta, sobre os mais fracos. Os militares, tanto e t??o injustamente atacados e vilipendiados por motiva????es ideol??gicas, relegados, nos escal??es mais baixos da hierarquia, a situa????es de pen??ria financeira, j?? que deliberadamente colocados na rabeira da escala salarial das carreiras do Estado, num processo revanchista que j?? dura 28 anos, merecem voltar a ser tratados pelo governo com toda a dignidade, com o mesmo respeito e acolhida positiva que sempre t??m recebido do nosso povo, que, por anos a fio, tem considerado as For??as Armadas a institui????o nacional mais confi??vel!

????Uma verifica????o cuidadosa e permanente tem de ser executada nos programas sociais, tipo Minha Casa, Minha Vida e Bolsa Fam??lia, pelos desvios comprovados e repetidos da concess??o de benef??cios por crit??rios de compadrio pol??tico e ideol??gico a quem deles n??o necessita, com preju??zo real e abundante de quem merece ser assistido.

????Muita coisa de positivo j?? vem o governo realizando, nos poucos dias que tem de mandato. Paradoxalmente, por isso tem sido t??o combatido por nossos inimigos ferozes, para os quais o sucesso da Virtude representar?? o fim do reinado de mentiras e maldades.

????Todas as pessoas de bem queremos um Novo Brasil, verde-amarelo, em que reinem a Verdade, a Paz, a Justi??a e a Esperan??a. Em que todo cidad??o possa ter uma vida digna em fun????o do esfor??o, do trabalho e do estudo honrados. Em que todos sejamos, de fato, iguais perante a Lei. Em que os detentores de cargos p??blicos, nos Tr??s Poderes e nos Tr??s N??veis Administrativos, em todos os ??rg??os do Estado, sejam exemplos e paradigmas para os compatriotas.

????N??o aceitamos a pervers??o, a crueldade, a tirania do comunismo, nem qualquer sujei????o a um poder que n??o seja nacional, nem qualquer compromisso com pr??ticas corruptas e corruptoras e seus agentes e respons??veis.????Queremos o Brasil livre, altivo, senhor dos seus destinos, com Democracia, Justi??a e Paz Social! Ou, como est?? eternizado na nossa bela e invicta Bandeira, com ORDEM E PROGRESSO!

????Esta ??, enfim, uma pequena lista, feita ???ao correr da pena???, portanto bastante incompleta ainda, do tudo o que sonhamos e desejamos para o Brasil e para o aperfei??oamento dos costumes, procedimentos, valores e Institui????es. Existe muito a fazer e consertar, mas passos firmes t??m de ser dados, com const??ncia, sempre na dire????o correta e com a intensidade adequada, no tempo certo.

????QUEREMOS UMA P??TRIA DIGNA, SOBERANA, LIVRE, DEMOCR??TICA, FELIZ, JUSTA PARA TODOS OS FILHOS E RESPEITADA EM TODO O MUNDO. POR ISSO, VOTAMOS EM BOLSONARO! VAMOS AJUDAR EM TUDO AO NOSSO ALCANCE E CONFIAR! VIGILANTES E ATIVOS, FI??IS AO BRASIL, MANTEREMOS ACESA A CHAMA DA ESPERAN??A!

DEUS NOS GUARDE, INSPIRE E ORIENTE, GOVERNANTES E POVO, PARA QUE, JUNTOS, SALVEMOS O BRASIL!

Rio de Janeiro, RJ, 11 de Janeiro de 2019.

Livro que veio para ficar

Publicado em: 10-01-2019 | Por: bidueira | Em: Ambientes, Costumes, Perigo Isl??mico, Persegui????o religiosa, Pol??tica Internacional, Seguran??a P??blica, Terrorismo, Tradi????es

0

Livro que veio para ficar

P??ricles Capanema

Livros s??o parecidos com objetos celestes. Estrelas alguns, fazem lembrar ??s vezes at?? mesmo a estrela de Bel??m, esclarecem, marcam ??poca, indicam rumo. Agora o reverso, tamb??m temos os meteoritos, livros que despencam na Terra, devastam, deixam crateras na alma e na sociedade. Entre milhares de exemplos, de uma banda est?? A Cidade de Deus de santo Agostinho; na oposta, O Capital de Karl Marx.

??Certos livros brilham intensa e momentaneamente. Chamam a aten????o, embevecem e somem, quais meteoritos ou estrelas cadentes (meteoros). Outros v??o e voltam igual cometas, atra??dos ?? ribalta ou deixados de lado pela for??a dos temas em voga na sociedade.

??Alguns ainda, compar??veis a asteroides, orbitam em ??mbitos conhecidos de poucos, ali permanecem por d??cadas, sina corrente de importantes publica????es t??cnicas, destinadas a p??blico delimitados. A planetas se parecem algumas compila????es, grandes tiragens, mas, s??faros de originalidade, vivem de luzes importadas.

??Finalmente, existem os parecidos a estrelas, pairam l?? em cima, cintilam de luz pr??pria, criativos, encantam e orientam.

Tais imagens passeavam agradavelmente pelo meu esp??rito enquanto lia com enorme proveito ???Islam and the suicide of the West -the origin, doctrine and goals of Islam??? (O Isl?? e o suic??dio do Ocidente ??? origem, doutrina e objetivos do Isl??) de Luiz S??rgio Solimeo, publicado em fins de 2018 pela??American Society for the Defense of Tradition, Family and Property ??? TFP????? texto com luz pr??pria, esclarece e aponta o norte para muitas iniciativas fundamentais nos Estados Unidos. N??o s?? para aquele pa??s, mundo afora.

??Contudo, bom ter em vista, l?? espiga, mais que aqui e alhures, um p??blico s??rio com grande presen??a na pol??tica, nos meios de divulga????o, nos ambientes corporativos, na academia e em ambientes religiosos, para os quais o livro est?? talhado. Cortado na medida, alerta baseado em estudos objetivos e an??lise lucida, apto para influir nas esferas de import??ncia do pa??s mais importante do mundo. Aviso aos interessados, o trabalho, ainda sem edi????o em portugu??s, est?? sendo vendido na??Amazon??por 16,95 d??lares mais frete.

??Os temas tratados no trabalho s??o essenciais para um ju??zo proficiente sobre imigra????o, terrorismo, seguran??a no fornecimento de commodities, defesa militar, pol??tica de alian??as. No terreno psicol??gico e moral esmi????a os perigos de uma rela????o desprovida dos conhecimentos essenciais do que ?? a doutrina do Islamismo e do que foi a hist??ria das pot??ncias maometanas. E aqui destaca as ilus??es que tantas vezes perpassam o di??logo inter-religioso, acarretando a queda em armadilhas. Luiz Solimeo deixa em especial evidente o car??ter totalit??rio da sharia, a lei isl??mica e a amea??a que representa para a pr??tica religiosa e a frui????o das liberdades civis ??s quais o Ocidente est?? acostumado.

N??o sem raz??o oficiais superiores das tr??s armas nos Estados Unidos t??m aconselhado vivamente a leitura do livro. Entre eles, o general William G. Boykin, vice-subsecret??rio da Defesa para Intelig??ncia (2002-2007) ???monumental em concep????o, simples de ler, l??gica serena e surpreendente???. No que foi secundado pelo almirante James A. Lyons, antigo comandante da frota do Pac??fico que escreveu em apoio ao livro ???o Isl?? ?? uma ideologia totalit??ria que busca a domina????o universal???. Na mesma dire????o foi o general Benjamin R. Mixon, antigo comandante do Ex??rcito no Pac??fico, ???trabalho importante sobre o Islamismo que deve ser lido por todos os americanos???. E aqui fica o conselho, tamb??m por todos os brasileiros preocupados com nosso futuro como na????o crist?? e ocidental.

??Na presente quadra hist??rica ???Islam and the suicide of the West??? nunca sair?? da atualidade. J?? ?? e para sempre ser?? obra de refer??ncia nos Estados Unidos.